7 chakras e o som

Harmonização dos 7 Chakras com o Som das Tigelas de Cristal

A tradição de várias culturas revela que possuímos centros de energia no nosso corpo, conhecidos como chakras. Existem várias abordagens, e o mundo ocidental popularizou a versão com 7 chakras, que na verdade é uma simplificação de um sistema altamente complexo testado através dos séculos principalmente pela cultura hindu (védica). Este artigo apresenta um resumo dos 7 chakras dentro da visão ocidental, com o foco no uso do som para harmonização desses centros de energia.

DECLARAÇÃO

Tudo o que se segue reflete apenas a visão do autor sobre o assunto. Teste por você mesmo a efetividade da proposta apresentada. Ela não substitui nenhum procedimento médico ou terapêutico convencional. Procure sempre um médico e/ou psicoterapeuta quando apresentar sintomas.

INTRODUÇÃO

A noção de que somos mais do que apenas esse corpo físico é muito antiga e remonta a muitas tradições antigas, dentre as quais se destaca a cultura hindu, cujo berço é a Índia.

Hoje em dia assistimos ao renascimento desse conhecimento ancestral no campo que já é conhecido como Medicina da Energia, que é um tipo de medicina que nos convida a ir além do campo daquilo que pode ser visto e medido.

Esse tipo de medicina nasce não com o objetivo de competir com a medicina tradicional, baseada em fatos científicos sólidos. Ela nasce para complementá-la, de forma que cada um de nós possa assumir responsabilidade pela própria saúde.

Um dos aspectos dessa nova medicina é justamente uma interpretação renovada da incrível sabedoria ancestral que já vem sendo testada há séculos.

Ela traz a noção de que somos uma grande rede de energias fluindo para dentro e para fora do corpo, em centros específicos conhecidos como chakras.

O entendimento do que é o sistema de chakras precisa ser dividido em duas partes fundamentais: a que se refere a tradição que vem dos Vedas e a ocidental moderna.

Nesse artigo o foco é descrever o sistema de 7 chakras baseado na visão ocidental moderna, a mais conhecida e difundida. A visão tradicional, mais ligada a origem do sistema, requer um estudo mais aprofundado e uma das fontes mais importantes é o Vedanta.

No final do artigo sugiro duas fontes para quem está interessado em conhecer mais sobre essa visão mais tradicional.

HISTÓRIA DOS CHAKRAS

A origem do sistema de chakras está ligado a tradição védica, que vem do hinduísmo, e também ao budismo.

É uma noção milenar, que foi reinterpretada no Ocidente a partir do século XVI, com a publicação do livro “The Serpent Power”, de Sir John WoodRoffe.[1]

Mais tarde, em 1927, Charles Leadbeater popularizou ainda mais os chakras com o seu livro “Os Chakras”, que incorporou pela primeira vez as cores do arco íris dentro desse sistema.[2]

Com o tempo, o sistema de chakras foi ficando cada vez mais popular no ocidente, e aos poucos foram sendo associados a pedras, signos, planetas, ervas e notas musicais.

Hoje em dia existe uma vasta literatura a respeito dos chakras no Ocidente, que vão desde a visão mais mística até abordagens mais próximas do que hoje chamamos de medicina integrativa.

O QUE SÃO OS CHAKRAS

A palavra “chakra” vêm do sânscrito “cakra” e pode ser traduzida como “roda” ou “círculo”. O conceito remonta a tradição tântrica do hinduísmo, e sempre foram utilizados como ponto focal de meditação dentro do corpo.

Nessa tradição utilizam-se diferentes sistemas de chakras, que podem variar em número, indo de 7 a 12. Eles são associados aos elementos (terra, água, ar e fogo), aos bija mantras (sílabas semente), a deidades (deuses e deusas) e a yantras, que são representações geométricas de determinados aspectos de uma divindade.

Podemos imaginá-los como vórtices rodopiantes de energia presentes em regiões específicas do corpo, responsáveis por captar as energias superiores em direção ao físico, em um formato que possa ser utilizado pelo corpo humano.

Som de Cristal - Chakrasfrontback2all 1 - 21 de abril de 2024

“Os chakras parecem atuar como transformadores de energia, reduzindo sua forma e frequência para adequá-las ao nível de energia imediatamente inferior.”[3]

Eles parecem ser transdutores que transformam a energia mais sutil em uma energia mais densa, e que portanto fazem a ponte das energias que estão à nossa volta com o nosso corpo.

Em direção ao corpo físico, esta energia mais densa cria alterações hormonais, fisiológicas e celulares.

São sete os principais chakras, mas a literatura esotérica menciona doze principais, isso sem contar os secundários, o que poderá totalizar um pouco mais de 360 chakras no total.[4]

Eles servem para receber as energias superiores sutis e transformá-las para que possam ser utilizadas no corpo físico.

Se estão equilibrados, significa que estamos saudáveis. Qualquer desarmonia em qualquer um deles significa que não estamos saudáveis nas áreas que eles indicam.

A relação de cada chakra com o corpo físico está associada ao sistema endócrino. Cada um dos sete chakras está localizado em uma linha vertical que sobe da base da espinha até o topo da cabeça.

OS 7 CHAKRAS

7 chakras

7 chakras do corpo humano

Segue uma descrição resumida de cada um dos 7 chakras. As definições e relacionamentos podem variar conforme a tradição e/ou autor.

Portanto, considere o que segue um resumo bastante introdutório sobre cada um dos chakras, e teste por você mesmo essas relações usando a meditação que está no final do artigo.

Não existem evidências científicas que suportem essas definições, mas podemos nos basear na tradição e em nossa própria experiência. Utilizando o conhecimento de forma responsável só poderemos nos beneficiar.

CHAKRA BÁSICO

Som de Cristal - chakra basico - 21 de abril de 2024

Sânscrito Muladhara
Localização Períneo
Elemento Terra
Glândula Supra renais
Cor Vermelho
Bija Mantra Lam
Nota Musical
Palavras chave Segurança, auto-confiança
Afirmações Eu estou seguro.

Eu amo minha vida.

Eu me permito estar presente aqui agora.

Eu tenho tudo que preciso.

Eu estou aberto ao novo.

Eu estou presente no meu corpo.

Eu estou conectado com a terra.

Eu confio em mim mesmo.

Eu aceito as mudanças.

Eu me amo como sou.

Eu abandono meu passado.

Eu sou.

   

CHAKRA UMBILICAL

Som de Cristal - chakra umbilical - 21 de abril de 2024

Sânscrito Svadhisthana
Localização Quatro dedos abaixo do umbigo
Elemento Água
Glândula Ovário e testículos
Cor Laranja
Bija Mantra Vam
Nota Musical
Palavras chave Criatividade, sexualidade
Afirmações Eu expresso meus sentimentos de forma segura.

Eu aceito minha sexualidade.

Eu me sinto bem com meu corpo.

Eu abandono os pensamentos repetitivos.

Eu sou responsável pelos meus sentimentos.

Eu estou conectado a minha essência.

Eu cuido das minhas necessidades emocionais.

Eu estou aberto a expresser meus sentimentos.

Eu sou criativo.

Eu uso minha criatividade para propósitos elevados.

Eu sou gentil e compassivo.

 

CHAKRA DO PLEXO SOLAR

Som de Cristal - chakra plexo solar - 21 de abril de 2024

Sânscrito Manipura
Localização Quatro dedos acima do umbigo
Elemento Fogo
Glândula Pâncreas
Cor Amarelo
Bija Mantra Ram
Nota Musical Mi
Palavras chave Poder pessoal, realização
Afirmações Meu corpo é forte e saudável.

Eu estou aberto para o espírito em mim.

Eu estou aberto para a expressão da minha alma.

Eu sou responsável pelos meus pensamentos.

Eu sinto que tudo é uma lição na minha jornada espiritual.

Eu crio a minha própria vida.

Eu me sinto conectado a vida.

Eu sou valoroso.

Eu aceito o meu poder e minha força.

Eu escolho o amor e a cura.

Eu sou corajoso.

Meu poder está na humildade.

 

 CHAKRA CARDÍACO

Som de Cristal - chakra cardiaco - 21 de abril de 2024

Sânscrito Anahata
Localização Coração
Elemento Ar
Glândula Timo
Cor Verde ou Rosa
Bija Mantra Lam
Nota Musical
Palavras chave Amor incondicional, perdão, compaixão
Afirmações Eu me permito sentir a ternura do meu coração.

Eu entrego e abandono o medo.

Eu me abro para sentir o amor profundo por mim mesmo.

Eu me sinto abraçado pelo amor da vida e do universo.

Eu me abro para relações saudáveis e nutridoras.

A paz é meu caminho de vida.

Eu perdoo a mim mesmo e aos outros.

Eu sou grato por tudo o que tenho.

Eu sinto que tudo está interconectado.

Eu sou compassivo comigo e com os outros.

A essência do meu ser é o amor.

 

CHAKRA LARÍNGEO

Som de Cristal - chakra laringeo - 21 de abril de 2024

Sânscrito Vishudda
Localização Base da garganta
Elemento ***
Glândula Tireoide
Cor Azul Claro
Bija Mantra Ham
Nota Musical Sol
Palavras chave Expressão, fala
Afirmações Eu me expresso de forma clara e saudável.

Eu falo a minha verdade.

Eu me sinto seguro para me expressar.

Eu penso antes de falar.

Eu falo a partir da minha essência.

Eu vivo na verdade.

Eu expresso o espírito que vive em mim.

Eu ouço com o meu coração.

Eu escuto a minha intuição.

Eu sei dizer “não” quando necessário.

Eu sou pacífico, tranquilo e sereno.

Eu expresso o meu amor pelos outros de forma saudável.

 

CHAKRA FRONTAL

Som de Cristal - chakra frontal - 21 de abril de 2024

Sânscrito Ajna
Localização Entre as sobrancelhas
Elemento ***
Glândula Pineal
Cor Azul Turquesa
Bija Mantra Om
Nota Musical
Palavras chave Foco, sabedoria
Afirmações Minha vida flui na graça.

Eu uso minha intuição sabiamente.

Eu vejo as conexões com a verdade mais profunda.

Eu tenho um desejo profundo de conhecer tudo o que necessito.

Tudo o que eu preciso está dentro de mim.

Eu habito meu ser em um estado de presença.

Eu sou um ser eterno conectado a sabedoria do universo.

Eu vejo os desafios da minha vida com clareza.

Eu sou focado em todas as tarefas do dia a dia.

Eu sou foco.

 

CHAKRA CORONÁRIO

Som de Cristal - chakra coronario - 21 de abril de 2024

Sânscrito Sahasrara
Localização Topo da cabeça
Elemento ***
Glândula Pituitária
Cor Violeta
Bija Mantra Om
Nota Musical Si
Palavras chave Conexão, graça
Afirmações Minha vida flui na graça.

Eu me sinto conectado a todos os seres.

Eu sei e compreendo.

Eu sou uno com o Divino.

Eu me conecto com a verdade mais profunda do universo.

Eu sou paz, amor e alegria.

Eu honro o divino em mim e nos outros.

Eu experimento tudo na graça.

Eu compreendo a verdade mais profunda contida no sofrimento.

Eu estou em paz.

Eu sou.

 

EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS

Apesar de sua importância para o trabalho com energia, e sendo a base de muitas terapias, ainda não existem muitos estudos científicos que provem a existência dos 7 chakras.

Em seu livro Medicina Vibracional, o Dr. Gerber cita o trabalho do Dr. Hiroshi Motoyama, do Japão.[5]

Dr. Motoyama usou o fato de que pessoas realizadas, autocentradas ou iluminadas são capazes de emitir energia através dos chakras.

Partindo desta hipótese, ele criou uma máquina com fios de chumbo capaz de medir a intensidade do campo bioelétrico da pessoa, e os posicionou em cada chakra.

O que ele estava medindo era na realidade uma manifestação mais “grosseira” da energia sutil de cada chakra, ou seja, o campo elétrico produzido no corpo.

Quando a pessoa focava sua atenção em um determinado chakra, os equipamentos eram capazes de medir as alterações.

Ele repetiu este mesmo experimento, com os mesmos resultados, utilizando pessoas com experiência prévia em meditação, ou seja, capazes de emitir energia pelos seus chakras.

Outro trabalho mencionado pelo Dr. Gerber no seu livro é a da pesquisadora americana Dra. Valerie Hunt, na década de 70.

A Dra. Hunt usou eletrodos em vários pontos ao longo do sistema de chakras (como aqueles usados em eletrocardiogramas) para medir mudanças energéticas no corpo, nas posições dos chakras.

Seu objetivo inicial era medir os efeitos de uma técnica corporal específica chamada Rolfing, e os resultados dos seus experimentos tiveram sucesso em apontar correlações entre as medições e alterações de estado nos pacientes.

Mas após décadas dos estudos do Dr. Motoyama e da Dra. Hunt, parece que não existe interesse da comunidade científica nesse assunto, e até o momento não há evidências de estudos mais consistentes que provam a existência do sistema de chakras.

Como diz Shamini Jain, psicólogo e pesquisador da Universidade da Califórnia, em San Diego, e autor de Healing Ourselves: Biofield Science and the the Future of Health, …embora essas ideias se encaixem perfeitamente em uma explicação mais moderna dos chakras, não há evidências científicas para apoiá-las. Este é realmente um ponto de vista ocidental e não temos dados para provar a existência de qualquer conexão”. [6]

OS 7 CHAKRAS E O SOM

Existem muitas formas de harmonizar os chakras, por exemplo através da voz ou da meditação guiada. Aqui vamos tratar da harmonização através do som das tigelas de cristal de quartzo.

Conforme a descrição dos chakras acima, uma das associações de cada um deles é com uma nota musical.

A associação acima é a mais tradicional no ocidente, ligando o Dó ao primeiro chakra e subindo até o Si no último chakra, o coronário.

Mas isso não quer dizer que essa associação é a única, ou a mais correta, ou mais terapêutica. Existem outros sistemas que também associam os chakras as notas musicais, mas de forma diferente. Veja abaixo uma compraração entre os sistemas hindu e tibetano. [7]

CHAKRAS NOTA MUSICAL Sistema Védico NOTA MUSICAL Sistema Tibetano
Básico
Umbilical
Plexo Solar Mi Sol
Coração
Laríngeo Sol
Frontal Mi
Coronário Si Si

A diferença se dá porque o sistema védico segue linearmente, enquanto o tibetano segue em intervalos de quinta (círculo das quintas).

A única nota que será a mesma é a nota Si, do chakra coronário.

Na verdade, você pode escolher qualquer sistema para fazer o processo de harmonização. Não existe certo ou errado. Apenas sinta qual sistema ressoa mais com você.

E se você encontrar algum outro sistema que não o védico ou o tibetano, e ressoar com você, coloque-o em prática e veja se funciona.

Mas lembre-se de um princípio fundamental: a nota do chakra inferior deveria ser a mais grave de todas. Isso porque faz sentido pensar que os chakras inferiores são mais densos do que os superiores.

Esta lógica então deveria ser seguida também pelas notas musicais de cada um deles.

No sistema védico fica fácil, pois estamos dentro da escala mais conhecida do ocidente, que é: Dó – Ré – Mi- Fá – Sol – Lá – Si. Dó é anota mais grave e Si a mais aguda, independente da oitava escolhida.

Já no tibetano, a primeira nota é Fá, que deve ser mais grave do que o Dó que vem em seguida. Isso faz com que seja necessário mudar de oitava.

HARMONIZANDO OS 7 CHAKRAS COM TIGELAS DE CRISTAL

A tigela de cristal emite um som muito agradável e pode ser utilizada para harmonizar os chakras.

Já realizei muitas harmonizações de chakras usando as tigelas de cristal, e como possuo um conjunto de 7 tigelas, utilizo uma para cada chakra.

Se você possui uma tigela de cristal, também pode fazer a harmonização dos 7 chakras, trabalhando com a intenção.

CONCLUINDO: EXPERIÊNCIA PRÁTICA

Abaixo segue um vídeo com a harmonização dos sete chakras pelo sistema hindu.

São utilizadas sete tigelas de cristal que foram gravadas em estúdio, cada uma na nota específica do chakra. A duração de cada chakra é de 7 min.

A sugestão é que você deite de forma confortável e de forma que não seja interrompida(o), coloque o fone de ouvido e dê o play. A duração total é de 49 min.

Dica: use as afirmações de cada chakra durante a harmonização.

Aproveite para se inscrever no nosso canal do youtube para receber as notificações dos novos vídeos.

 

Namastê!

Luiz Pontes

Dezembro de 2022

Reprodução autorizada desde que citada a fonte.

REFERÊNCIAS

[1] https://pt.wikipedia.org/wiki/John_Woodroffe

[2] https://www.amazon.com.br/Os-Chakras-Centros-Magn%C3%A9ticos-Vitais/dp/8531500885

[3] Gerber, Richard – Medicina Vibracional  Uma Medicina para o Futuro, pg 104 – Editora Cultrix

[4] Ibid – pg 104

[5] Ibid – pg 107

[6] https://www.discovermagazine.com/health/the-science-behind-your-chakras

[7] Shrestha, Suren – How to Heal with Singing Bowls, pg 49 – Sentient Publications

 

E para aqueles que querem se aprofundar no assunto, seguem dois artigos, um em português e outro em inglês. São artigos que aprofundam o assunto do ponto de vista da cultura hindú (védica), sem fazer relação com o som.

[8] https://hareesh.org/blog/2016/2/5/the-real-story-on-the-chakras (Inglês)

[9] https://www.yoga.pro.br/prana-chakras-e-kundalini-uma-introducao/ (Português)