meditacao coletiva

Meditação Coletiva: porque devemos fazer

A meditação coletiva é uma das formas que temos hoje para colocar à prova o poder de muitas mentes focadas em uma mesma intenção, muitas vezes todos ao mesmo tempo independente da localização física. A tecnologia que dispomos hoje permite esse tipo de experimento, já realizado inúmeras vezes por grupos ao redor do mundo, inclusive com viés científico. Conheça mais dessa incrível tecnologia e saiba como nós da Som de Cristal implementamos um projeto que usa o som das tigelas de cristal para aprofundar a meditação coletiva – o projeto Transmissões Cristalinas.

INTRODUÇÃO

A meditação têm se tornado uma ferramenta muito importante para nos auxiliar no processo de evolução pessoal, bem-estar e harmonia, principalmente nesses tempos tão caóticos.

Apesar de já ser conhecida pela humanidade há milênios, sua importância nos dias atuais é vital. Na correria do dia a dia e com cada vez menos tempo disponível, ela pode nos ajudar a encontrar o nosso centro.

A neurociência vem estudando seus efeitos, e comprovando o quanto é benéfico para a nossa saúde física, mental e emocional entrar em contato com o silêncio dentro de nós.[1]

Existem muitas formas diferentes de meditar, e cada pessoa pode encontrar a que melhor se adapte.

Você pode meditar de olhos fechados ou abertos, sentado ou caminhando. Ou até mesmo lavando louça.

Na forma mais comum, sentamos, fechamos os olhos e começamos a prestar atenção na respiração, que serve como âncora para não nos perdermos nas distrações que os nossos pensamentos produzem de forma automática.

É uma das formas mais eficazes de diminuir a ansiedade e estresse, doenças muito comuns no mundo de hoje.

Uma das técnicas de meditação mais estudadas pelos cientistas é a Meditação Transcendental, do mestre indiano Maharishi.

Existem muitos experimentos já realizados que demonstram a eficiência desta técnica.[2]

Um dos mais importantes foi um estudo realizado em Washington, onde aproximadamente 2000 meditadores se reuniram para meditar juntos. Eles queriam saber se isto teria um efeito mensurável.

O resultado foi que o índice de criminalidade neste local diminuiu de forma significativa no momento da meditação.[3]

Reconhecida agora pela ciência como uma ferramenta muito útil para a saúde e o bem-estar, a meditação vem ganhando cada vez mais adeptos.

MEDITAR EM GRUPO

Muitos grupos reúnem-se regularmente para meditar fisicamente juntos.

Isso com certeza potencializa ainda mais os efeitos, pois contamos com a força e energia do grupo.

Eu participei de um desses retiros de meditação, cuja proposta é meditar durante 10 dias juntos, todos os dias e em total silêncio. É conhecida como meditação Vipassana.

Foi uma experiência incrível na região serrana do Rio de Janeiro que me transformou profundamente. Mesmo sem falar uns com os outros, sentíamos a força que é várias pessoas reunidas em um só propósito, nesse caso, meditar.

Mas muitas vezes não é possível estarmos fisicamente juntos para meditar. Por um motivo ou por outro (e a pandemia trouxe muito isso à tona), simplesmente não conseguimos estar juntos.

Como seria então meditarmos todos juntos, porém cada um de seu local, na mesma hora e independente da distância?

Será que isto tem algum efeito?

De uns anos para cá, grupos ao redor do mundo têm experimentado trabalhar  com a meditação coletiva sincronizada.

Mentes unidas em intenções comuns e focadas, independente de onde estejam fisicamente, podem criar condições para a transformação desejada.

Nossa conexão existe mesmo quando estamos fisicamente separados uns dos outros.

Ela acontece em nossas mentes.

Você já teve a experiência de pensar em alguém e esta pessoa responder em seguida?

A física moderna têm feito descobertas fantásticas que nos levam a acreditar cada vez mais que nossa mente tem um poder incrível.

Um dos mais importantes e vitais para os dias de hoje é o de que existe um campo de energia que conecta tudo e todos.

Gregg Braden, consagrado autor da espiritualidade da nova era diz:[4]

O fato de as descobertas mostrarem que podemos usar a nossa conexão conscientemente abre as portas para nada menos do que a oportunidade de tirar partido do mesmo poder que movimenta todo o universo.

O que pensamos, fazemos e sentimos tem um impacto no campo. A realidade que criamos para nossas vidas é a realidade da vida que vemos hoje em nosso planeta.

Como podemos testemunhar pelos resultados catastróficos dos últimos tempos, ainda não aprendemos a usar este poder de forma eficiente.

Mas a boa notícia é que sempre é tempo de recomeçar.

Se aprendermos a usar nossa mente na direção certa, podemos afetar este campo de forma positiva e amorosa, criando as condições para que a vida que realmente desejamos se manifeste na Terra.

Esta é a essência da meditação coletiva.

A CHAVE É A INTENÇÃO

Intenção é um desejo, um sonho. Pode ser para mim mesmo, para o outro ou para o planeta.

Aprender a usar a intenção é uma chave muito importante.

Na verdade é muito simples, e baseamos nossa forma de utilizá-la no trabalho da britânica Lynne Mctaggart, autora do livro “O Experimento da Intenção”.[5]

Para escrever uma intenção pessoal, basta imaginar o que queremos como se estivesse acontecendo agora, e adicionar uma ou mais emoções.

Um exemplo:

Estou muito feliz e realizado porque estou trabalhando (trabalho) com o que amo fazer.

Importante lembrar que nem sempre sabemos o que é melhor para nós, e muitas vezes os desígnios divinos são diferentes do que imaginamos.

Se assim for, é muito importante que não nos apeguemos ao resultado final.

Trabalhar com intenção focada é abrir o nosso coração para que aquilo que tenhamos que fazer ou ter aconteça em nossas vidas.

A intenção pode ser pessoal ou coletiva. Isso porque devemos trabalhar nos dois polos: a transformação pessoal e o serviço (doação de amor e compaixão) para todos os seres e o planeta.

Muitas vezes nos sentimos impotentes diante de grandes tragédias, pensando em como podemos ajudar. É claro que podemos e devemos ajudar de forma material sempre que pudermos, mas existem outras formas.

O que acontece quando nos ligamos as nossas mentes numa mesma intenção de Compaixão, todos ao mesmo tempo?

Difícil dizer, mas podemos tentar. A ciência já traz várias evidências de que isso funciona, então porque não tentar?

É isso que fazemos em nosso projeto Transmissões Cristalinas.

REDE CRISTALINA PLANETÁRIA

Podemos pensar na Rede Cristalina Planetária como uma série de linhas imaginárias formadas pela interação dos vários locais de poder da Terra, e que podem incluir os grandes cristais de quartzo que estão sob a superfície do nosso planeta.

Existem muitas evidências de que as pirâmides de vários locais do mundo (Egito, México, Camboja, etc.) estão todas construídas no cruzamento destas linhas de energia imaginárias. [6]

E assim se sucede com muitos outros lugares de poder, inclusive aqui no Brasil, na Ilha de Florianópolis, que possui megalitos (pedras enormes) colocados de forma precisa em locais especiais.[7]

Estamos apenas começando a compreender o real significado destas linhas, e como podemos utilizá-las a nosso favor, para criar vórtices de energia que podem favorecer a transformação pessoal e coletiva.

A Rede Cristalina que une todo o planeta serve como um “modelo mental” que utilizamos durante a nossa meditação coletiva Transmissões Cristalinas.

Nossas tigelas de cristal e instrumentos de quartzo ressoam juntos potencializando esse “modelo mental” da Rede Cristalina Planetária, criando ainda mais sinergia e força de realização de nossas intenções. Essa é a nossa hipótese. É isso que queremos experimentar e testar.

Imaginem se funciona!

TRANSMISSÕES CRISTALINAS

Temos visto um grande crescimento do movimento da meditação coletiva, tanto a física quanto a online.

As Transmissões Cristalinas são um experimento de grupo em que usamos o poder da intenção focada e da rede cristalina em conjunto.

Trabalhamos com intenções pessoais e coletivas, e usamos a imagem da rede cristalina como um ponto de união comum.

Precisamos de cura para nós mesmos. Ao mesmo tempo, somos chamados a trabalhar para harmonizar os vários locais do planeta que sofrem as consequências do mau uso do poder do homem.

Grandes tragédias, guerras, injustiças e problemas políticos e econômicos são assuntos que costumam gerar nossas intenções coletivas.

Escolhemos datas especiais para fazer este trabalho. Na lua cheia focamos em uma única intenção coletiva, e na lua nova uma intenção pessoal.

Usamos o som para nos guiar e amplificar nossas intenções.

Preparamos um arquivo de áudio “mp3” com uma trilha sonora que conduz o participante por uma jornada que permite relaxamento e foco, usando uma tecnologia de ponta em termos de música digital.

E para conduzir e amplificar nossas intenções, gravamos o som de algumas tigelas de cristal de quartzo que combinam entre si de forma harmônica.

CONCLUSÃO

Acreditamos na força da transformação pessoal, que conduz a transformação coletiva.

A mudança do mundo começa em nós.

As Transmissões Cristalinas são um experimento, que tem o potencial de juntar milhares de pessoas unidas no mesmo dia e horário, para o bem maior de nós mesmos e do planeta.

Quer participar deste experimento conosco?

Veja aqui como participar e se inscrever. É um programa totalmente gratuito.

Namastê!

Por Luiz Pontes

Junho de 2019 (última atualização Agosto de 2021)

Reprodução autorizada desde que citada a fonte.

REFERÊNCIAS

[1] https://www.inc.com/jessica-stillman/how-meditation-rewires-your-brain-for-less-anxiety-and-faster-learning.html

[2] http://www.huffingtonpost.com/robert-h-schneider/evidence-shows-transcendental-meditation-has-real-health-benefits_b_4747436.html

[3] http://www.worldpeacegroup.org/washington_crime_study.html

[4] A Matriz Divina – Braden, Greg – Editora Cultrix – pg 34

[5] O Experimento da Intenção – Lynne Mctaggart, Lynne – Editora Rocco

[6] https://www.livescience.com/41349-ley-lines.html

[7] Mais informações sobre os megalitos de Florianópolis, visite o site do Imma, do nosso querido amigo Adnir Ramos – http://immabrasil.com.br/arqueoastronomia.html

5 1 Voto
Avalie o Artigo
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários