O Campo Unificado – a força que está entre nós
", 20 de junho de 2018"

O Campo Unificado é um campo inteligente de energia que conecta tudo e todos no Universo, e do qual somos parte. É a força básica que une toda a matéria e energia que existe com a consciência do Todo. É um vasto e inesgotável reservatório dentro do qual tudo existe.

O QUE É O CAMPO UNIFICADO?

Massa não é a fonte da energia. Energia é a fonte da massa.

Adam Trombly

Estes são tempos estranhos, onde duas visões de mundo se degladiam: uma quer provar que o mundo funciona com a previsibilidade de um relógio, e a outra se baseia no fato de que vivemos em um mundo de possibilidades, onde nada é como parece ser.

É a guerra declarada entre a física clássica e a física quântica, que afeta profundamente o nosso dia a dia, ainda que muitos não percebam.

Ainda sentimos de forma acentuada a influência da física clássica na vida cotidiana. Mas o impacto causado pela física quântica e seus estudos derivados têm crescido de forma vertiginosa.

Atualmente, um grande número de cientistas já foram muito além dos conceitos dos pioneiros da física quântica. Há pelo menos quarenta anos, cientistas ao redor do mundo têm estudado a ligação mente-matéria, a fé, a consciência, as preces, a medicina alternativa e os campos de energia sutis, entre outras coisas.

O Campo Unificado é um conceito interessante que começa a surgir a partir do momento em que os cientistas acima provam que há uma força vital circulando pelo Universo, e evidências de que estamos todos ligados uns aos outros e à natureza.1

Sim, o Campo é tudo! Você, eu, este dispositivo eletrônico. Na verdade o campo inclui também a minha, a sua, e a consciência de todos nós.

Imagina como fica o “seu” mundo quando você vê o mundo a partir desta perspectiva!

E isso não é nenhuma novidade para povos antigos que viviam conectados a natureza, como os índios norte-americanos. A carta do chefe Seattle para o homem branco que queria comprar suas terras é um exemplo imortal da nossa ligação uns com os outros.2

Gregg Braden, conhecido autor de temas ligados a espiritualidade, chama o Campo Unificado de “Matriz Divina”. Vejam como ele a define:

“A Matriz Divina é o nosso mundo. Também é cada coisa no nosso mundo. É o nós, e tudo o que amamos, odiamos, criamos e experimentamos. Vivendo na Matriz Divina, somos como artistas expressando nossas paixões, medos, desejos e mais íntimos sonhos na essência misteriosa de uma tela quântica. Mas essa tela somos nós, como também somos a imagem na tela. Somos a pintura e também o pincel.3

Não somos meros espectadores do mundo. Ele não acontece para nós. Ao contrário, nós acontecemos para ele.

Qual é o mundo que queremos criar? Temos feito escolhas conscientes?

Aliás, estamos conscientes de que, de fato,  podemos escolher?

Se nesta grande tela da vida somos o pincel e também a pintura, está em nossas mãos fazer o quadro mais belo.

E mais belo ainda é que nossos quadros interagem, a assim pintamos juntos. Esta é a nossa natureza!

Todos estamos interligados, conectados de alguma forma uns com os outros. A teoria dos seis graus de separação é alvo de controvérsias, mas é um bom exemplo do quanto estamos interconectados.4

As constelações familiares sistêmicas são outro exemplo desta interconexão em um nível ainda mais profundo, abrangendo gerações.5

Para resumir a importância do Campo Unificado para a nossa vida, recorro uma vez mais a sabedoria dos indígenas norte-americanos: que qualquer ato que façamos sobre a terra leve em conta o bem-estar e a harmonia de sete gerações vindouras.

Estamos prontos para isso! Mãos a obra!

CAMPO UNIFICADO É ENERGIA

O tal do campo do ponto zero ganhou este nome porque “as flutuações no campo ainda são detectáveis em temperaturas de zero absoluto, o estado energético mais baixo possível, do qual toda matéria foi removida e supostamente nada resta para executar qualquer movimento”.6

Isto acontece porque as partículas quânticas estão constantemente emitindo e absorvendo energia, mesmo se o sistema estiver no zero absoluto. E isso é muito grande, mais do que podemos conceber.

“Se somarmos todas as partículas de todas as variedades no Universo que estão constantemente adquirindo vida e deixando de existir, nos vemos diante de uma vasta e inexaurível fonte de energia…. Foi calculado que a energia total do campo do ponto zero excede toda a energia da matéria por um fator de 1040, ou um seguido de 40 zeros.”7

Será que começa a despontar a era da energia abundante?

Nikola Tesla previu que poderia utilizar a energia do campo do ponto zero para gerar eletricidade infinita para toda a humanidade, sem nenhum custo. E mais, que poderia transmitir a eletricidade sem usar fios, como hoje temos o wi-fi para a internet.

De muitas formas, aqui e acolá, o sonho de Tesla está se realizando através de muitas mãos, mentes e corações. Está próximo o tempo de usufruir do bem-estar da energia livre e limpa.

Para isso, devemos nos preparar internamente para entrar em ressonância com o Campo, liberando nós emocionais, comportamentos obsessivos, pensamentos tóxicos e todo tipo de negatividade. Quanto mais ressoarmos com o Campo, mais nos limpamos.

Começamos a usar toda a energia livre e disponível para o nosso bem-estar e harmonia.

E isto não está longe de nenhum de nós. Experimente um contato mais profundo com a natureza na próxima folga, e foque em sentir o Campo gerado pela Mãe Natureza. Ou experimente uma das tantas técnicas disponíveis atualmente para sentir e se beneficiar desta energia.

Um dia, talvez antes do que imaginamos, comecemos a usufruir das benesses da energia livre em nossa vida prática: para tomar banho, ouvir música, assistir a um programa, fazer comida, ir de um local para outro.

Imagine tudo isso feito com energia limpa, abundante e grátis! Acredite, é possível!!!

O CAMPO UNIFICADO É DEUS

Em Julho de 2012, a comunidade científica confirmou a existência da “partícula de Deus”, ou “bóson de Higgs”.

Como o próprio nome diz, uma partícula, uma “coisa”.

Adam Trombly, um renomado cientista internacional, não concorda com isso. Esse novo “pedaço da existência” não é uma partícula, ela é o próprio Campo:

“No que poderia ter sido chamado de a Declaração da Independência da Energia Global, o CERN Research, da Suiça, anunciou a descoberta do “bóson de Higgs”, também conhecida com “partícula de Deus”. A história real é que um grupo internacional de cientistas confirmou a existência de um Campo que a tudo permeia de energia incalculável, que precede e é a fonte de toda a massa. A forma como o anúncio foi feito pelo CERN deixou a impressão que os cientistas haviam meramente descoberto outra “partícula”, outro pequeno pedaço da existência, que tem pouca ou nenhuma relevância aparente para nossas vidas. Eu queria gritar: “É o Campo! Falem para o mundo todo sobre O CAMPO. O campo é o contexto. A partícula é somente um momento, um subproduto do Campo. Não há “partícula de Deus” separada do “Campo de Deus”8.

É a ciência chegando perto da espiritualidade e da religião. Novos tempos de muitas revelações.

CAMPO UNIFICADO E MEDITAÇÃO

Quando meditamos, entramos no nosso mundo interior. De olhos abertos ou fechados, caminhando ou sentados, lavando louça ou fazendo sexo: se meditamos, é para mergulhar em nosso universo interior.

Para nos conhecer melhor, para fazer a nossa vida melhor.

Muitos estão fazendo o mesmo ao redor do mundo. Sozinhos ou juntos, fisicamente ou separados uns dos outros. Sincronizados no tempo ou não.

Está no nosso DNA nos reunirmos para fazer algo juntos. Meditar é uma excelente desculpa!

Principalmente se podemos ajudar ao próximo. Veja a conclusão do Dr. John Hagelin que conduziu com sucesso um experimento em Washington DC, para provar que um grupo de 2500 pessoas meditando juntas poderia reduzir a taxa de violência nesta cidade.

“Ninguém poderia imaginar, nem mesmo eu, o extraordinário grau em que podemos reduzir a violência social através da meditação, pois não é necessário que todos meditem para gerar efeitos profundos e duradouros na sociedade. Um número relativamente pequeno de pessoas meditando juntas tem um poderoso efeito indireto, reduzindo o estresse em uma determinada área de uma forma mensurável”9.

A técnica de meditação utilizada neste experimento foi a MT – Meditação Transcendental, muito estudada pela comunidade científica. Um de seus conceitos é o “Campo da Consciência Transcendental”, muito similar ao Campo Unificado.

A MT têm sido utilizada em vários campos, e hoje é objeto de estudos publicados em mais de 160 revistas especializadas.10

Existem muitas outras formas de se meditar, e o campo para estudo está aberto.

Eu acredito muito que podemos melhorar a situação atual do planeta meditando juntos. Tenho profunda convicção disso!

TIGELAS DE CRISTAL, CAMPO UNIFICADO E MEDITAÇÃO

Em poucas palavras: o som emitido pelas tigelas de cristal nos coloca dentro do Campo, no fluxo.

Se precisar limpar, o som limpa. Se precisar energizar, ele energiza. O som é inteligente.

E pode nos ensinar a meditar, a facilitar o processo de entrar em contato conosco de forma profunda.

As mágicas vibrações cristalinas relembram o nosso silêncio interior. Profundo, calmo e quieto.

Elas nos levam mais tranquila e rapidamente para este estado.

E ainda podemos dar um passo a mais. Colocar a intenção.

A partir deste lugar de quietude interior, estamos prontos para manifestar na mente focada uma intenção específica.

Estou certo de que isto tem muito poder. Especialmente quando nos juntamos em um mesmo dia e horário, cada um de onde estiver.

O som do quartzo expandindo as intenções de cada mente, focadas no aqui e agora numa intenção específica. Todos conectados através do Campo Unificado.

O que será que acontece?

Se quiser experimentar, pode conhecer a nossa meditação coletiva sincronizada Transmissões Cristalinas, que cada um faz de onde estiver, com ou sem tigela de cristal.

Sempre digo que este é um experimento coletivo.

Não tenho a pretensão de escrever um artigo científico para publicar em revistas e periódicos a respeito dos assuntos tratados neste artigo.

Meu maior interesse é transformar temas “desafiadores” em algo que possamos experimentar diretamente em nossas vidas.

Ou colocamos em prática o conhecimento científico, ou padecemos. A escolha é nossa.

CONCLUSÃO

Talvez a forma mais fácil de compreender o Campo Unificado é pensar Nele como sendo Deus. Está em todos os lugares, em todos os Universos.

E como o mistério que é Deus é infindável, a energia que encontramos no infinitamente pequeno é de proporções astronômicas. O micro está no macro, e o macro está no micro.

Estamos todos conectados, somos Todos Um!

Alguns entendem, outros sentem. Poucos praticam no dia a dia.

Que a Força esteja conosco. Ela já está no meio de nós!

Que a Força esteja com você!
Star Wars

LUIZ PONTES – Jun/2018

Se gostou, compartilhe, sempre citando a fonte.

FONTES:

1 – Toda esta história é contada em detalhes no livro “O Campo”, de Lynne Mctaggart., Ed. Rocco.

2 – Carta Chefe Seattle – http://www.culturabrasil.org/seattle1.htm

3 – Braden, Gregg – A Matriz Divina – Ed. Cultrix – Introdução

4 – Teoria dos seis graus de separação – Seis Graus de Separação

5 – Constelações Familiares e Interconectividade – Constelações Familiares

6 – McTaggart, Lynne – O Campo – Editora Rocco – pg 44

7 – McTaggart, Lynne – O Campo – Editora Rocco – pg 49

8 – The Project Earth – Adam Trombly – A partícula de Deus

9 – Hagelin, John – Shift Magazine – Junho/Agosto 2007 – pg 16

10 – Meditação Transcendental – Meditação Transcendental

Faça seu comentário

Comentários